Para entendedores do inglês :D


Já sabemos que os livros para colorir estão na moda... Faltava colmatar uma lacuna neste meio e os arquitectos Jen e Mira acabaram com ela - criaram um livro para colorir inspirado em pénis.

Os dois acham que se pintar uma mandala, por exemplo, alivia o stress, um pénis também o faz e acrescenta ainda uma componente divertida. Olhando para os exemplos, gosto bastante do humor e do tipo de desenho - sou o tipo de pessoa que pintaria isto. Uma potencial cliente para pipis.

Conheçam melhor a história deste arrojado livro aqui.




Nesta fotogaleria, o National Geographic sugere-nos 14 bibliotecas fantásticas espalhadas pelo mundo inteiro. São todas arrebatadoras. Algumas são mundialmente conhecidas, outras foram belas surpresas para mim, tal como esta em baixo que escolhi para representar este post.

É a primeira biblioteca de Muyinga, construída pelas pessoas da comunidade, feita com terra, argila e eucaliptos. Um projecto simples na estrutura mas fenomenal - a cultura erguida pelas próprias mãos.

Ver artigo aqui.


Totalmente! :D


E por isso não resisti a partilhar :)


 

O meu gato não consegue resistir a morder as lombadas dos livros...principalmente os livros que eu estou a ler. Atenção! Morde com os caninos! O conhecimento deve ser ameaçador para ele... é um devorador de livros. Mais alguém tem em casa um bichano assim?

Estante-robô na Taipei International Book Exhibition de 2015. Parece-me uma óptima ideia para a secção juvenil de uma biblioteca... ou para a mansão de alguém! Agora se é prática, não me parece ;)


Jacob tem 16 anos e cresceu a ouvir histórias mirabolantes do avô - tão mirabolantes que nunca acreditou totalmente nelas. O avô Portman contava coisas sobre a sua própria adolescência numa ilha distante habitada por crianças peculariares com talentos, no mínimo, diferentes. Tinha até fotografias antigas que o provavam, mas o neto achava que eram manipuladas e ninguém da família levava o senhor a sério.

Isto até ao dia em que a desgraça bateu à porta, e a morte levou o avô de Jacob de forma misteriosa e macabra. Jacob assistiu, com os seus próprios olhos, a algo que o avô o tinha alertado mas que ele nunca acreditou. As suas últimas palavras, sussurradas no momento da morte, fizeram com que o neto se sentisse culpado e a querer tirar os nabos da púcara em relação à história de vida do avô.

Completamente transtornado por aquilo que viu, Jacob viu os seus pais preocupados e a insistirem que consultasse um psiquiatra. Assim foi, e a conselho deste, viajou com o pai até à tal ilha distante que teria servido de casa ao avô. Tinha o objectivo de procurar aquele lar que o acolheu quando era jovem, e talvez encontrar alguma daquelas crianças peculiares, já crescida, que lhe lançasse algumas luzes sobre a vida do avô.

E assim se inicia uma aventura surreal, com muito de fantasia, mas também de suspense e mistério. É um livro para todas as idades, mas como não sou fã destas histórias de adolescentes aconselho a leitura aos mais novos. No entanto, admito que é uma leitura muito cativante para o género.

Uma das partes melhores do livro são as dezenas de fotografias vintage que o acompanham, de crianças com algum talento especial, ou de locais com estranhas características. Só quando cheguei ao fim do livro fiquei a saber que aquelas fotografias são mesmo reais, não manipuladas, o que alterou a minha percepção da narrativa.

Este livro deu origem a um filme, realizado por Tim Burton, em 2016, protagonizado por Eva Green. Nunca tive pachorra de ver porque a fantasia não é de todo o meu género, mas fiquei com uma certa vontade depois de ler o livro.

O Lar da Senhora Peregrine Para Crianças Peculiares
De:  Ransom Riggs
Ano: 2011
Editora: Bertrand
Páginas: 344

A nossa pontuação: ★★★☆☆
Disponível no site Wook.
Esqueçam as buzinadelas, as vozes alteradas, as travagens, as sirenes, a televisão, as aceleradelas... Estes seriam os únicos sons de um dia perfeito!


Um casal de Nova Iorque remodelou a sua casa para atender às suas grandes paixões - gatos e livros. Os felinos têm agora longas passarelas para se exibirem, passagens secretas e pequenos recantos só para eles.

Os livros também têm protagonismo, com estantes especiais criadas pelo proprietário, que é artista. Quem me dera um dia poder ter o meu recanto personalizado para os meus livros e para os meus gatos :)